Adaptação à escola de crianças de 3 a 5 anos

Post 326

Tanto para as crianças veteranas como para as principiantes, sua adaptação à educadora da escola é, sem dúvida, o aspecto principal nesta fase, isso porque para os mais pequenos, o ponto de referência principal é o adulto que está com eles e que os vão cuidar.

Se o seu filho vai pela primeira vez à escola, veja como você pode ajudá-lo na adaptação escolar. Quanto antes trabalhar isso, melhor para ele e para você. É um momento delicado para toda a família.

Adaptação de crianças de 3 a 5 anos à escola

Neste sentido, a atitude da educadora deve ser de aproximação, respeito, afeto (sem ansiedade nem agonia) e de tranquilidade diante das reações típicas da falta de adaptação: choros, ataques, raivas, etc. Que procure chamá-lo desde o princípio pelo seu nome ao mesmo tempo que a educadora lhe diz o seu.

Também é importante que a educadora conheça alguns traços gerais da personalidade da criança, dados que obtenham através da entrevista geral com os pais, ou através de informações ou da antiga educadora das crianças.

Definitivamente, trata-se de que a educadora  tente 'criar um clima de segurança afetiva para que a criança se sinta segura de si mesma individual e coletivamente'.

Neste sentido, seria interessante tentar que quando chegue alguma criança nova, os que são do ano anterior, ou que já levem vindo uns dias, encarreguem-se de mostrar-lhe a sala, dizer-lhes seus nomes, o que gostam de brincar, etc.

A criança se adapta ao novo espaço da sala de aula
O aluno, sendo novo ou não, estará em uma sala distinta da sua casa ou da sala do ano anterior.

É importante que a criança se sinta à vontade nesse espaço, que o conheça, e se transite nele para conseguir que afetivamente lhe diga algo. Que seja algo seu. Assim devemos tentar familiarizá-los com a distribuição do material, seu espaço para guardar seus materiais, espaço que ocupa no chão na hora das brincadeiras, etc.

Igualmente a criança deve adaptar-se ao novo espaço que lhe corresponde no refeitório: em que mesa se senta, em que lugar, ao lado de que amigos, etc.

A criança se adapta ao resto da escola
O mundo da escola não se limita a uma educadora e a uma sala de aula, mas em uma escola existem muito mais coisas:

ESPAÇOS INTERNOS: Outras salas, cozinha, enfermaria, escritório, banheiros, etc.

ESPAÇOS EXTERNOS: Pátio crianças maiores, pátio de pequenos, árvores, grades, arredores da escola.

PESSOAS: Pessoal da cozinha e da limpeza, outras educadoras, médico, coordenador, pessoal da manutenção, etc., com as funções que cumprem cada um deles.

Os pais também devem adaptar-se à escola
Deve-se considerar a angústia que implica aos pais separar-se de seus filhos e ter em conta o sentimento de culpa que isso acarreta. Tentemos compreender suas ansiedades, e a melhor forma de fazê-lo é falando-lhes com segurança e afeto que que se dêem conta que conhecemos tanto sua situação como a das crianças, de tal forma que tenham absoluta segurança de que seus filhos vão adaptar-se muito bem à escola.

Uma boa forma de entrar em contato com os pais é a entrevista, ou entregar-lhes e comentar-lhes a folha informativa (ou agenda da criança) sobre a adaptação.

Fonte: Guia Infantil